Consumo sem crueldade

Consumo sem crueldade animal

Muitas vezes, ao ler a embalagem de um produto, vemos afirmações como “este produto não agride a natureza”, “sem crueldade”, “ecológico”, “natural”. No intuito de tirar proveito da crescente demanda por parte de consumidores mais conscientes, muitas empresas escrevem em seus rótulos o que bem entendem, procurando atrair os mais desavisados. Mesmo a recente afirmação “não testado em animais”, já presente em alguns rótulos brasileiros, não garante que os componentes deste produto não tenham sido previamente testados em animais por seus fornecedores, a menos que apresentem um selo de certificação.

No intuito de esclarecer esse processos, ainda enganadores, o Instituto Nina Rosa está realizando uma pesquisa junto a várias empresas, e publicará suas respostas nesta página. Existem outras listas que classificam as empresas como “testa em animais” ou “não testa em animais”. Acreditamos que essa informação, somente, não é suficiente. Preferimos a denominação “empresa ética com os animais”, definição que para nós designa uma empresa que:

1- não testa em animais
2- não usa componentes previamente testados em animais, mesmo que por terceiros
3- não utiliza componentes de origem animal

Nossa lista ainda está em andamento, e os resultados serão publicados conforme forem chegando. Mas podemos, desde já, indicar algumas empresas que preenchem estes 3 requisitos e têm certificação internacional.

BOAS COMPRAS!!!!

Se você desejar, pode também fazer sua pesquisa e nos enviar os dados que coletou.

Esse é um processo demorado, e toda ajuda é benvinda. Mas tome cuidado: muitas vezes, empresas multinacionais alegam que não fazem testes. Nesse caso elas estão se referindo ao Brasil, somente. Mas essa empresa pode testar no país de origem, pois os produtos testados e aprovados na Europa e Estados Unidos têm aprovação automática para serem comercializados no Brasil. Isso vale para drogas também.

O questionário enviado por nós é este:

1 – Sua empresa testa seus produtos e/ou ingredientes em animais? Se não, que tipos de testes utiliza?

2- Sua empresa não testa produtos ou componentes em animais, mas tem alguma garantia que esse componentes não foram testados em animais por seus fornecedores? Qual? Se testam em animais, qual porcentagem de produtos é testada em animais?

3- Sua empresa utiliza ingredientes de origem animal em algum de seus produtos? Qual porcentagem de produtos contém ingredientes de origem animal?

4- Sua empresa está investindo na busca de alternativas a testes e/ou ingredientes animais? Desde quando?

5- Se sua empresa não utiliza ingredientes de origem animal e nem testados em animais bem como o produto final não é testado em animais, essa informação está contida nos rótulos dos produtos e no material promocional? Porquê?

6- O serviço de atendimento ao consumidor de sua empresa está preparado para responder perguntas sobre o tema acima exposto?

É importante que você seja bem claro em suas perguntas e não deixe de esclarecer nenhum dos itens. Somente assim conseguiremos ter certeza do que consumimos.

Boa sorte!!!